Nutricionista dá sugestões para ceia de Natal mais barata e nutritiva

Pequenas adaptações no cardápio podem deixar refeição saborosa, saudável e mais em conta

Ana Carolina Port, coordenadora do curso de Nutrição da EstácioCom a alta dos preços dos alimentos, a ceia de Natal dos brasileiros deve ser ainda mais econômica e com várias adaptações no cardápio deste ano. De acordo com o IBGE, insumos como arroz, carne e óleo de soja aumentaram cerca de 20% em 2020, em meio outros transtornos financeiros provocados pela pandemia, como a redução do décimo terceiro. Todo esse cenário está refletindo no bolso do brasileiro e fazendo com que a criatividade seja a chave para o planejamento de uma ceia mais em conta na mesa natalina, mas, não menos saborosa.

, é possível fazer uma ceia com alternativas mais baratas e melhor valor nutricional. As proteínas costumam ser o mais caro em uma ceia natalina, então, uma boa alternativa para o peru é o frango, que pode ser recheado com uma farofa em que se substitua uma parte da farinha de mandioca por aveia, que é rica em fibras, auxilia no controle da glicemia, diminui a taxa de absorção de açúcar e ajuda na saciedade.

O lombo de porco é outra fonte de proteína que pode ser o prato principal. Como as pessoas costumam assá-la no forno, a carne tende a ficar mais seca, então pode servir acompanhada por molho de laranja ou abacaxi, que são frutas da época, mais baratas que as frutas secas, figo e pêssego, muito usadas para decoração. O que ainda contribui para deixar a ceia mais barata é usar as frutas da safra, como abacaxi, manga, maracujá, que por estarem na época, são mais ricas em seus compostos nutricionais e saem mais em conta do que as importadas.

 Ana Carolina indica também substituir o tradicional arroz com uva-passa e presunto, por um arroz colorido com os vegetais disponíveis em casa: cenoura, pimentão, milho, vagem e ervilha podem ser usados para um acompanhamento com alto valor nutricional.

Para Ana Carolina Port, é possível fazer uma ceia com alternativas mais baratas com um bom planejamento sem deixar ninguém com fome. “Defina o cardápio antecipadamente planejando quantas pessoas irá servir e fazendo uma lista de todos os ingredientes que precisa. Evite exageros. Lembre-se de que é uma ceia celebrativa e por mais que todos gostem de fartura, existe um porcionamento por pessoa que garante a fartura sem que depois tenhamos sobras que durarão por dias. Para as carnes e afins, o ideal é calcular de 200 a 300g de carne crua por pessoa (antes do cozimento), e esta porção inclui todas as carnes possíveis da ceia como as aves, suínos e peixes. Para o arroz e a farofa, utilize o cálculo de 30 a 40g de arroz e farinha crua por pessoa. Legumes e outras guarnições, pode fazer um cálculo de 100g distribuindo entre os diversos ingredientes”, explica a professora.

Para enfeitar sua mesa, compre frutas da estação nacionais. Nas guarnições e acompanhamentos, você pode optar por fazer saladas bem coloridas, ou ainda legumes assados que são uma delícia e super nutritivos. Para acrescentar mais sabor às saladas e legumes, experimente utilizar molhos cremosos como molhos de iogurte com especiarias ou ainda um molho de iogurte com queijo gorgonzola que trará um ar muito elegante para sua ceia.

Para a sobremesa, você pode preparar o clássico creme de papaya (que pode ser feito até com mamão formosa) que além de colorido e gostoso, ainda auxilia na digestão das carnes. Para fazer o creme, basta bater o mamão com sorvete de creme e terá uma sobremesa refrescante e nutritiva. O abacaxi também pode ser utilizado nas sobremesas com a mesma função pois tem uma enzima chamada bromelina, e esta fruta você pode servir com canela ou ainda com um creme de coco que combina muito bem.

Lembre-se sempre de que o mais importante da ceia é a celebração e o valor afetivo que estes alimentos trazem pra gente e independente do preparo o que importa é que todos estejam reunidos à mesa e a alegria que temos com isso.

Veja Também

Prefeitura inicia cadastro para uso de espaços públicos

Ofício deve ser protocolado na Secretaria de Esporte e Lazer – SMEL A Secretaria Municipal …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *